5 dicas para acertar em cheio as palavras-chave da sua monografia

Oier! Como anda a escrita do resumo da sua monografia? Você está concluindo? Então prestenção: o último elemento do resumo – e é obrigatório – são as palavras-chave. Elas são imprescindíveis para o seu trabalho, pois elencarão os assuntos abordados em seu trabalho.

Para descrevê-las bem e como a NBR 6028 {ABNT} pede, vou te dar cinco dicas: Continuar lendo

Anúncios

Saiba qual o tamanho ideal de um resumo

Oi! Tudo bem? Muita gente acha chato fazer resumo, né? {Eu acho Uó! ¬¬} Não é muito fácil ser conciso. Você vai escrevendo… escrevendo.. e quando vê seu resumo já tem mais de uma página! Aí danousse.. vai ter que fazer o resumo do resumo. {Aff!}

A ABNT tem uma norma {NBR 6028} para resumos, e ela traz boas dicas quanto à extensão do resumo:

  • Se for um resumo de trabalho acadêmico: use de 150 a 500 palavras.
  • Se for um resumo de artigo de periódico: use de 100 a 250 palavras.
  • Se for um resumo breve: use de 50 a 100 palavras.
  • Se for um resumo crítico: use e abuse das palavras, mas com concisão e coerência! 😉

Para saber quantas palavras você escreveu não precisa contar uma por uma, você consegue enxergar em qualquer editor de texto {MS Word, Libre Office etc.} apenas selecionando todo o seu resumo. Olha só:

resumo-monografia
Resumo com 163 palavras.

Pronto. Passe a contar as palavras que você não vai mais se estender quando for escrever um resumo… A não ser que ele seja crítico, daí você precisará estar atento à concisão.

Não perca o foco. 😉

Os 5 pré-textuais que não podem faltar no seu trabalho

Gente, olha só.. já vem eu falar de novo sobre NBR ABNT… hehehe

A 14724:2011 traz todos os elementos bonitinhos pra você montar seu trabalho sem estresse, {tá tudo lá na norma, pode conferir} e ela ainda divide o trabalho em parte externa e parte interna. Essa última parte se divide em três: elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais, e em cada parte dessa há elementos opcionais e obrigatórios. Quer saber quais são os obrigatórios pré-textuais? Se liga aí…


rosto
1° >> Folha de rosto. Contém os elementos essenciais para identificar seu trabalho. Já dei o passo-a-passo pra você montar sua folha de rosto bem rapidinho no post 3 passos simples para formatar sua folha de rosto. E tem também a ficha catalográfica no verso, viu?! Não esqueça dela.  😛

aprovacao2° >> Folha de aprovação. Tem quase todos os elementos da folha de rosto + os elementos para registrar a aprovação de seu trabalho {os espaços para as assinaturas dos avaliadores, a data de aprovação}.

Continuar lendo

Normas ABNT para formatação de trabalhos acadêmicos. Por onde começar?

Olá, tudo bem? Pra começar falando em normalização de trabalho acadêmico pela ABNT – se seu trabalho é uma tese, dissertação ou TCC – é importante saber que a norma que te norteará é a NBR 14724: Trabalhos acadêmicos. Estar atento à edição mais atual da norma é fundamental, pois todas elas são revisadas anualmente e, quando necessário, são modificadas invalidando as edições anteriores. Para ter certeza que você está usando a última edição da norma sugiro consultar o catálogo da ABNT, a última edição é a de 2011. {consulta ao catálogo ABNT em 2/6/16}

Algumas NBR de informação e documentação apresentam referências normativas, i. é, a lista de documentos complementares indispensáveis para aplicação da norma. No próprio catálogo da ABNT eles já apresentam um tópico informando, os da NBR 14724:2011 são as seguintes:

normas necessarias aplicacao 14724

Então, só pra esclarecer: pra normalizar seu trabalho pela NBR 14724 você vai precisar consultar todas essas normas ABNT acima listadas {e suas respectivas referências normativas}: NBR 10520: Citação em documentos, NBR 12225: Lombada, NBR 6023: Referências, NBR 6024: Numeração progressiva das seções de um documento escrito, NBR 6027: SumárioNBR 6028: Resumo, NBR 6034: Índice; além do Código de Catalogação Anglo-Americano (AACR), que vai te ajudar a fazer sua ficha catalográfica (elemento obrigatório para o trabalho); e as Normas de Apresentação Tabular do IBGE, que te ajudará a padronizar a apresentação de dados numéricos em tabelas. As normas ABNT e o AACR você pode adquirir no site de cada associação e a norma IBGE está disponível para download no site do instituto.

Sabendo que existe isso aí é bom dar uma olhada pra começar a escrever seu trabalho meio que pré-normalizado, assim você só precisará dar os ajustes finais. Das ABNT’s NBR citadas acima, sugiro começar pela seguinte ordem: 1°) NBR 14724; 2°) NBR 10520 e 3°) NBR 6023. As demais são importantes, mas dá pra você lapidar no final com menos trabalho.

É por aí, caro leitor. Mãos à obra! 🙂

#PartiuNormalizar

cropped-375215_291743497534932_265249295_n-cc3b3pia1.jpg

P.S.: E não esquece que se pintar aquela dúvida, grita por nós! 😉